Palestrantes do II Seminário ACERJ de Jornalismo Esportivo

No II Seminário ACERJ de Jornalismo Esportivo quatro temas fazem parte da programação do evento: Olimpíadas, Correspondentes Internacionais, Mulheres no Jornalismo Esportivo e Mercado de Trabalho e Assessorias de Imprensa.

Cada mesa terá a participação de quatro jornalistas de diversos veículos e um mediador. A programação completa pode ser encontrada aqui.

Conheça um breve perfil dos palestrantes.

Mesa 1 – Olimpíadas

  • André Luiz Cardoso – mediador – Jornalista e professor na Faculdade Pinheiro – jornalista e professor. Com atuação nas principais emissoras de rádio TV, jornais e assessoria de imprensa, no Rio de Janeiro. Atualmente e professor e coordenador da faculdade Pinheiro Guimarães, professor da Universidade Castelo Branco e coordenador de produção de pautas e reportagens da Agência AGIF.Guimarães
  • Jorge Luiz Rodrigues é Chefe de Produção de Jornalismo dos canais Sportv e apresentador do programa Camarote, do canal Premiere, da Globosat. Já cobriu seis Jogos Olímpicos, sete Copas do Mundo e quatro Jogos Pan-Americanos.
  • Iuri Totti é jornalista há 27 anos, sendo os últimos 15 dedicados aos esportes. Foi editor assistente do Globo, onde cuidou, principalmente, de esportes olímpicos, tendo participado in loco dos Jogos de Londres, em 2012. Hoje é blogueiro, especialista em corrida de rua, esporte que cada vez mais vem ganhando adeptos no Brasil.
  • Carlos Eduardo Eboli trabalha há 16 anos na Rádio CBN onde é apresentador e comentarista esportivo. Já cobriu os Jogos Olímpicos de Sidney, Atenas, Pequim e Londres. Fez a cobertura dos Jogos Pan-americanos de 2003 (Santo Domingo) e 2007 (Rio). Também trabalhou, no Brasil, nas Copas do Mundo de 2002, 2006, 2010 e 2014.
  • Sílvio Barsetti trabalhou no Jornal dos Sports, Jornal do Brasil, O DIA e, durante 20 anos, no Jornal O Estado de S. Paulo. Atualmente é correspondente no Rio do Portal Terra. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas. Esteve também em várias outras competições nacionais e internacionais. A trabalho, visitou 23 países.

Mesa 2 – Correspondentes Internacionais

  • Sergio du Bocage –  TV Brasil/Rádio Nacional/diretor financeiro da ACERJ – formado pela Universidade Federal Fluminense. Apresentador do programa “No Mundo da Bola”, da TV Brasil, e Coordenador de Esportes das Rádios EBC (Nacional e MEC). Iniciou na carreira em 1982, no Jornal dos Sports, como estagiário. Exerceu diversas outras funções, até a editoria geral do jornal. De 2012 a 2015, foi comentarista da Rádio Globo.
  • Manolo Epelbaum, argentino radicado no Brasil há mais de cinco décadas, é correspondente internacional de jornais argentinos e comentarista dos canais Sportv. Cobriu várias Copas do Mundo.
  • Maurício Cannone é correspondente do jornal italiano La Gazzetta dello Sport, colaborador do jornal Ii Giornale, de Milão, e da revista Comunità Italiana. Já passou pela TV Bandeirantes, Editora JB e pelos jornais O Globo, Jornal dos Sports e Lance!.
  • German Aranda Milan escreve para o jornal espanhol El Mundo e colabora também com os jornais La Tercera de Chile, Estado de São Paulo, Folha de São Paulo entre outros e atua produtor local em várias televisões internacionais. Cobriu o Europeu de atletismo em 2010, várias Champions League, Copa das Confederações de 2013 e Copa do Mundo de 2014.
  • Tim Vickery é um jornalista inglês que veio na década de 90 para ser correspondente da BBC Sport no Brasil. Atualmente é comentarista do Redação Sportv e escreve para o World Soccer Daily e para o Sports Illustrated.

Mesa 3 – Mulheres no Jornalismo Esportivo

  • Cristina Dissat – mediadora –  diretora de Comunicação e Marketing da ACERJ / Blog Fim de Jogo – formada pela UFF (1983), com passagens pela Manchete, Fatos e Fotos e outras publicações da Bloch Editores. Pós-graduação em Comunicação Digital (2007), Em 1997/1998 começou a estudar e trabalhar em produção de conteúdo na internet na área de saúde e em 2004 na área de esportes sócia diretora da DC Press.
  • Camila Carelli é repórter da Rádio Globo e a primeira mulher a ser setorista de um clube na emissora. Começou como estagiária, em 2010, e já cobriu uma Copa do Mundo e apresentou o programa [email protected]
  • Martha Esteves é subeditora de esportes do Jornal O Dia há 20 anos. Jornalista com experiência em jornal, revistas, sites e agências internacionais de notícias. Já passou pela TV Globo, foi setorista de clubes e da Seleção Brasileira e cobriu Copa do Mundo e Jogos Pan-Americanos.
  • Renata Graciano é administradora das páginas Copa Zico e Valdir Espinosa e parte integrante do projeto Jogo das Estrelas. Influenciadora digital do Flamengo e colaboradora da ONG Football Rebirth. Atualmente é diretora executiva e colunista do site e das mídias sociais do Donas da Bola.
  • Débora Gares trabalha como repórter há uma década. Teve passagens pela Rádio Globo e pelo jornal O Globo, onde ajudou na cobertura de duas Copas do Mundo, um Pan-americano e uma Olimpíada. Há dois anos é repórter da ESPN Brasil, onde já teve a oportunidade de cobrir mais uma Copa do Mundo e uma Libertadores da América.

Mesa 4 – Mercado de Trabalho e Assessorias de Imprensa

  • Rafael Marques – mediador – Vice presidente da ACERJ/ Rádio Globo – Chefe de Reportagem da Rádio Globo desde 2011, onde começou como repórter em 2002. Cobriu duas Copas do Mundo (2010 e 2014) e ganhou o Prêmio João Saldanha em 2011 com a melhor reportagem de rádio esportivo de 2010.
  • Alexandre Bittencourt é um dos responsáveis pelo marketing esportivo de Furnas. Já passou pela Rádio Globo, Jornal dos Sports, O Globo e O Dia. Foi assessor de imprensa da DB Press e coordenador de comunicação do Fluminense. Cobriu dois Jogos Pan-Americanos, Jogos Olímpicos e este ano também estará presente nos Jogos Rio 2016 pelo Comitê Olímpico do Brasil.
  • Saulo Campos é Coordenador do núcleo de esportes da Approach. Em 2011 assumiu a conta da FERJ, que compreende além da assessoria de imprensa, o credenciamento e a operação de imprensa em todos os jogos de futebol televisionados no estado do Rio de Janeiro. Foi o responsável pela assessoria nacional das seleções da África do Sul (2010) e Holanda (2011) em visitas ao Brasil.
  • Gabriel Badaró em 2007 fundou a Ideallize Assessoria de Comunicação, onde segue até os dias de hoje. No ramo esportivo lida com atletas de nome do futebol, com passagens por Seleção Brasileira e clubes grandes do Brasil e exterior, além de federações e clubes pequenos do Rio.
  • Kako Arêas iniciou a carreira de jornalista na revista Placar e passou pelo jornal Lance! antes de trabalhar em assessoria de imprensa. Nesta função atuou por 10 anos no Fluminense (esportes olímpicos e futebol) e seis anos na equipe de comunicação da LIESA (carnaval). Hoje é o responsável pela Assessoria de Imprensa do Futebol do Botafogo, onde trabalha há cinco anos.

Leave a reply