Adeus a Zito

Por José Rezende

Zito fez parte das gerações de grandes craques do futebol brasileiro. José Ely Miranda nasceu em Roseira, no Vale do Paraíba. A carreira profissional começou no Taubaté. Em 1955, Zito chegou a Vila Belmiro para se tornar durante 12 anos um dos principais personagens da fantástica equipe do Santos. Foram 727 jogos com a camisa santista.

Inúmeros foram os títulos conquistados no decorrer da sua brilhante carreira: bicampeão paulista (1955/56); campeão paulista (1958); tricampeão paulista (1960/51/62); bicampeão paulista (1964/65); bicampeão paulista (1967/68); pentacampeão da Taça Brasil (1961/65); campeão do Torneio Rio São Paulo (1959, 1962, 1964 e 1966); bicampeão mundial (1958/62); e bicampeão mundial de clubes (1962/63).

Aos 82 anos, Zito nos deixa saudade. Saudade de sua raça, de sua técnica, que fizeram parte do patrimônio da época de ouro do nosso futebol.

Mostramos, em sua homenagem, alguns momentos marcantes da sua trajetória:

 

  • Equipe do Santos bicampeã paulista de 1956: Ivan, Ramiro, Hélvio, Formiga, Manga e Zito; Del Vechio, Alfredinho, Álvaro, Vasconcelos e Tite;

F 01 - 1956 - Santos bicampeão paulista

  • Dorval, Ivan, Pelé, Zito e Wilson no dia em que Pelé chegou a Vila Belmiro;

F 02 - 1956 -Zito ao lado de Pelé

  • Seleção brasileira antes da partida diante da França, na Copa do Mundo de 1958: De Sordi, Zito, Belini, Nilton Santos, Orlando e Gilmar; Garrincha, Didi, Mazzola, Pelé, Zagalo e Mário Américo.

F 03 - 1958 - Brasil 5 x França 2

  • A emoção pelo título mundial em 1958, na Suécia: Gilmar, Orlando, Joel, Garrincha, Zito e Paulo Machado de Carvalho;

F 04 - 1958 - Brasil campeão do mundo - Gilmar, Orlando,  Joel, Garrincha, Zito e Paulo Machado de Carvalho

  • Os campeões mundiais dão a volta olímpica: Gilmar, Belini, Garrincha, Nilton Santos e Zito;

F 05 - 1958 - campeão do mundo - volta olímpica

  • Em 1959, Zito e Pelé desembarcam no Rio para mais um jogo do Torneio Rio São Paulo, do qual o Santos se sagrou campeão.

  • Em 1963, o Santou conquistou o tricampeonato paulista: Zé Carlos, Zito, Dalmo, Calvet, Mauro e Laércio; Dorval, Lima, Coutinho, Pelé e Pepe.

F 07 - 1960 - 1961 - 1962 - tricampeão paulista - Zé  Carlos, Zito, Dalmo, Calvet, Mauro e Laércio_ Doval, Lima, Coutinho, Pelé  e Pepe

  • Em 1960, o Santos iniciava a série do tricampeonato paulista: Zé Carlos, Zito, Dalmo, Calvet, Mauro e Laércio; Sormani, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.

F 08 - 1960 - Zé Carlos, Zito, Dalmo, Calvet, Mauro e  Laércio_ Sormani, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe

  • Zito marca na partida final contra a Tchecoslováquia um dos gols brasileiros. A seleção brasileira venceu por 3 a 1 e conquistou o bicampeonato mundial, no Chile.

F 09 - 1962 - Brasil 3 x Tchocoslováquia 1 - final Copa  62 - gol de Zito

  • Seleção brasileira bicampeã mundial: Djalma Santos, Zito, Gilmar, Zózimo, Nilton Santos, Mauro e Hilton Gosling (médico); Garrincha, Didi, Vavá, Amarildo, Zagalo e Bento Assis.

F 10 - 1962 - Copa do Mundo - Djalma Santos, Zito, Gilmar,  Zózimo, Nilton Santos, Mauro e Dr. Hilton Gosling_ Garrincha, Didi, Vavá,  Amarildo, Zagallo e Assis

  • Santos bicampeão mundial: Olavo, Zito, Dalmo, Calvet, Gilmar e Mauro, Dorval, Lima, Coutinho, Pelé e Pepe.

F 11 -  1963-1962 - Bicampeão mundial

  • 1967 foi o último ano da carreira de Zito, que se despediu com o título de campeão paulista.

F 12 - 1967 - Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *