Vasco vira jogo movimentado e vence o Flu por 2 a 1 no Engenhão

Vasco e Fluminense fizeram um clássico muito movimentado e confuso. Os tricolores reclamaram muito do árbitro Antônio Frederico Schneider por não marcar dois supostos pênaltis e um escanteio claro no final do segundo tempo. Com apenas 5 minutos de jogo cada time já tinha tido uma chance, mas aos 6 minutos depois de um apagão na marcação vascaína Thiago Neves tabelou com Deco e fez seu primeiro gol depois do retorno as Laranjeiras.
O jogo era muito corrido e bastante disputado no meio de campo, as principais chances eram do tricolor. Aos 34 do primeiro tempo Fred fez um cruzamento para Deco que bateu firme para excelente defesa de Fernando Prass. No fim da etapa inicial Thiago Neves ainda tentou um chute de longa distância, mas não acertou o alvo.
A chuva começou no Engenhão e o futebol do Vasco apareceu. Cristovão Borges decidiu sacar Chaparro e colocar Wiliam Barbio no intervalo. O ataque do Flu não tinha a mesma velocidade do primeiro tempo. Aos 14 minutos, Nilton inverteu uma bola para Fagner que cruzou e Alecsandro empurrou para o fundo da rede. A pressão cruzmaltina continuou, aos 22 minutos, Alecsandro recebeu uma bola na pequena área, bateu e Cavalieri fez um milagre.
Aos 33 minutos veio a virada vascaína, Bernardo bateu escanteio e Alecsandro antecipou no primeiro pau cabeceando sem chance para o goleiro tricolor. No final do jogo os jogadores tricolores perderam a cabeça, aos 42 minutos, Edinho foi expulso por reclamação, dois minutos depois Fred deu um carrinho por trás em Thiago Feltri e foi expulso.
Agora o Vasco soma 15 pontos, e já está classificado para as semifinais da Taça Guanabara, enquanto o tricolor soma apenas 7 pontos e não depende só de si para se classificar. Na próxima rodada o Vasco enfrenta na quarta-feira em São Januário o Volta Redonda e o Fluminense vai a Campos enfrentar o Americano.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 1 FLUMINENSE
Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 12/2/2012 – 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Antonio Frederico de Carvalho Schneider
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa
Renda: R$ 250.815,00

Pagantes: 7.622
Cartões amarelos: Diguinho, Bruno, Leandro Euzébio, Edinho, Carlinhos, Rafael Moura, Fred, Wellington Nem (FLU); Dedé, Felipe, Nilton (VAS)
Cartões vermelhos: Edinho 42’/2ºT e Fred 44’/2ºT (FLU);

GOLS:

Primeiro tempo – Thiago Neves – 6′ (0-1)

Segundo tempo – Alecsandro – 14′ (1-1), Alecsandro 33′ (2-1)

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Rodolfo e Thiago Feltri; Nilton, Chaparro (Willian Barbio, intervalo), Felipe e Bernardo (Felipe Bastos, 43’/2ºT); Diego Souza (Eduardo Costa, 36’/2ºT) e Alecsandro – Técnico: Cristovão Borges.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos; Edinho, Diguinho (Rafael Moura, 34’/2ºT) , Deco (Wágner, 23’/2ºT), Thiago Neves e Rafael Sóbis (Wellington Nem, 18’/2ºT); Fred – Técnico: Abel Braga

Acerj/Ronaldo Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *